quinta-feira, novembro 09, 2006

Quase um ano, já, que vivi o dia mais incrível do ano passado. Não é novidade que ir a shows make my rainy days, pq adoro. Junte isso a vislumbrar um ser que vc admira desde os 15 anos... pois é, isso foi o suficiente pra tornar o Claro Q É Rock do segundo semestre do ano passado o melhor dia daquele cruel 2005. Eu estava lá atrás e quando percebo uma cabeleira loura adentrando o palco aos pulos, notei que o show estava começando e desacreditei. Iggy Pop estava ali, a alguns metros à minha frente! Tem noção? Iggy Pop! Pode parecer bobagem pra muita gente, não sei se chega a ser idolatria, mas pra uma garota nerd e loser de 15 anos, significa muito, representa muito da fuga do tédio que era aquela época, boa parte de toda a informação musical intravenosa que se recebia e toda a década que ela queria ter vivido. Sim, porque aquela garota de 15 anos tomou lugar da moça de 22 naquele momento, a fez quase cair de joelhos no chão, segurar a cabeça e gritar, com os olhos marejados, "Meu Deus, eu não acredito! É o Iggy Pop! O Iggy Pop tá ali"! Ah não, eu simplesmente não podia ficar parada, saí às cotoveladas rumo ao palco e só me dei por satisfeita quando o vi de perto. Sim, isso eu vou contar pros meus sobrinhos, netos, sobrinhos netos, ou quem vier por aí, eu vi Iggy Pop, eu tava aqui e ele ali, pertinho, ó! Invejem-me!

E rolava Emulsified do Yo La Tengo ao final do post.

4 comentários:

Amber F. disse...

Eu tb vi!:)

Thiago Vandré disse...

eu tb!!! e com a moça que escreve aqui (pelo menos até o momento em que ela saiu correndo lá para frente)... mas flaming lips, no mesmo dia, prossegue sendo o show da minha vida...

Maria Renata disse...

Sim, Flaming Lips foi uma coisa incrível que sim, conseguiu tirar lágrimas dos meus olhos! Vc viu! Vc viu!

Joyeux disse...

como vocês são anacrônicos!

Postar um comentário