domingo, outubro 15, 2006

Orkuticídio

Sim, o orkut tornou-se um falecido na minha vida. Sou sua viúva e o crime não foi nada passional. Seu sangue azul desbotado escorre fresco na faca, enfiei-a com gosto no bucho daquele layout brega.

É que esse trocinho tornou-se um fardo, verdade seja dita. Não era mais divertido. Por mais que eu apagasse os scraps, dia seguinte ia olhar e lá estavam, mais 40 novos esperando resposta, no meio de uma renca de propaganda inconveniente e inútil.

Sem contar no tempo que isso tirava da minha vida. Tempo útil. Time is money.

Mas enfim, não está td completamente perdido, ainda. Não vou sair daqui, não vou sair do meu fotolog. Nesses eu sou viciada assumida.

E de qualquer forma, quem sabe "um dia, amigo, eu volto"... hahahaha!

3 comentários:

Joyeux disse...

liverjoice ainda é a melhor parte de lá!

Rod Louzada disse...

Bem vinda a liberdade! =)

Kazinha disse...

Nao creio! Eu acompanho tanto meu orkut que nem tava sabendo da novidade. Mas e agora, quem vai me deixar scraps?

Postar um comentário