segunda-feira, março 24, 2008

Diga-me não...

...que eu concordo com vc, de dedos cruzados.

Não me teste. Ultimamente tenho andado no limite da minha paciência. Não tenho um quarto de século para enfiar na gaveta. E se não estou agindo da forma que vc acha correta, sorry. Se vc quer instruir alguém nesta altura do campeonato, acho melhor financiar os estudos de um analfabeto ou enviar dinheiro para alguma criança carente da África.

Me diga não, que lá dentro de mim eu berro sim e tudo o que eu vou ouvir vc dizer será "blablabla whiskas sachê"

Se esse post soa rebeldinha? Claro que soa. Mas eu prefiro me rebelar sempre a ver a vida passar voando na minha frente. E por enquanto, isso é tudo com o que eu quero me preocupar.

2 comentários:

Amanda Bia disse...

nada como uma revolta para extravasar!!!
beijos!

helo disse...

oiés!!!!!

Postar um comentário