domingo, março 25, 2007

Já me vou - para a moça que mora na divisa :)

até que se acabem as ondas não paremos de remar até que o dia se faça noite não paremos de dançar a dança mocha que se embebeda com o vinho da dor aos que dançam à noite queimam seus corações e aos que riem na vida não alcancem os dentes para comerem uma moeda de chocolate de vaca do campo que empanturra a boca dos que não sabem nada de nada de nadar um pouco até que se acabe o mar e chegar na praia do mar ao tomar um vinhozinho com os amigos conferir se algum dia se queima o sol venha a nada comigo conversar um pouquinho antes que se rompa este meu coração...........................



(aumenta o volume pra ouvir melhor, a qualidade é tosca!)

4 comentários:

marcelo s. disse...

ha! muito bom isso!
lembra beastie boys com big band e música tradicional.

isso é o tal de arbol?

*

quanto ao comentário, só de ter respondido já fio bacana. tanto faz se no Meio Desligado ou no Mazzacane.

eu tbm, com certeza volto.

Carlos disse...

A gente precisa se dar um pouco de alegria para não surtar..

maria disse...

hahaha......
valeu menina!!

Anônimo disse...

A antes de que tiro del maquillaje y después de tiro del maquillaje. Y déjeme le dicen, un qué maquillaje de la diferencia hace. Es casi como algunos de estos Web site que se sientan que tienen que poner encendido una demostración con todos sus gráficos de lujo y animaciones de destello.

Postar um comentário